Air Europa ganha certificado EMAS

Conquista é dada a empresa que desenvolvem atividades sustentáveis

Por Edgar Mello | FotoDivulgação

Enrique Martín-Ambrosio, diretor-geral Brasil e Expansão América Latina da Air Europa, comemora mais uma conquista. A companhia acaba de ser reconhecida, mais uma vez, pela certificação Eco-Management and Audit Scheme (EMAS) (Sistema de Gestão e Auditorias Ambientais), outorgado pela Comissão Europeia às empresas que desenvolvem atividades sustentáveis.

O reconhecimento é feito às organizações que implantam, de forma voluntária, um sistema de gestão baseado em critérios socioambientais. Neste sentido, nos últimos anos, a Air Europa avançou em seu compromisso com o meio ambiente, baseado em um crescimento sustentável, na melhora contínua, na qualidade e na modernização do serviço ao cliente, o que lhe permitiu renovar o certificado até 2018.

Entre as atividades que se destacam dentro do processo de gestão da empresa, estão a diminuição do consumo de recursos naturais, em uma correta gestão de recursos, e a otimização dos procedimentos para reduzir tanto ruídos como a emissão de poluentes. Uma ação que reforça esse posicionamento é a recente aquisição dos Boeing 787 Dreamliner, com aeronaves voando internacionalmente e previsão de operação na rota brasileira a partir de 2017.

Revista Geografia | Ed. 67