Jovens utilizam a ferramenta mobile para procurar emprego

Segundo a pesquisa realizada pelo site Emprego Ligado, cada vez mais os jovens têm utilizado as ferramentas mobile na procura de uma oportunidade de emprego. Confira!

Texto Edgar Melo | Adaptação Isadora Couto | Foto Shutterstock 

Jovens utilizam a ferramenta mobile para procurar emprego

Como os candidatos a uma vaga buscam informações nos dias de hoje sobre as oportunidades de trabalho? Profissionais de vagas operacionais, como telemarketing, vendedor, manobristas e motoristas, têm utilizado cada vez mais ferramentas mobile para receber informações sobre oportunidade de emprego. Segundo levantamento do Emprego Ligado (www.empregoligado.com.br), único site de empregos operacionais do Brasil, 72% da base de cadastrados faz parte da chamada “Geração Y”, ou Geração da Internet (pessoas nascidas a partir de 1980).

Ainda de acordo com a pesquisa, 64% deste total completou o Ensino Médio e 66% são mulheres.  Os cargos de maior interesse dos candidatos são: operador de call center, com 12% dos cadastros; 11%, recepcionista; e 11%, assistente administrativo. Em São Paulo, 28% dos candidatos são da zona sul e 26% da zona norte. “A expectativa é que, cada vez mais, as pessoas utilizem-se de ferramentas mobile para conquistar uma vaga no mercado de trabalho”, explicou Jacob Rosenbloom, CEO da Emprego Ligado.

 

GEOLOCALIZAÇÃO

A tecnologia mobile é adaptada especificamente para as necessidades do candidato das classes C, D e E.  Muitas companhias brasileiras e também multinacionais já conseguiram entrevistar e contratar candidatos dentro do perfil, com base na geolocalização. Essa é uma das principais vantagens da ferramenta: oferecer profissionais que residam a uma média de 4 km do local de trabalho.  A plataforma oferece aos candidatos duas formas de cadastro, por celular ou pelo site www.emprego.com.br. Todas as vagas são divulgadas pelo celular, via serviço de mensagem de texto (SMS). “Dessa maneira, a pessoa, mesmo não tendo um smartphone, consegue receber as  oportunidades. E, hoje em dia, muitos jovens utilizam seus smartphones para gerenciar vários tipos de tarefas”, acrescentou Rosenbloom.

 

 

 

Revista Geografia | Ed. 59